sexta-feira, 28 de agosto de 2015

SLIM BOAT BROWSER

SLIM BOAT BROWSER




SlimBoat está ainda na sua primeira versão e mostra que tem muita coisa para melhorar. O navegador tem algumas ideias interessantes, mas passa uma impressão de que ainda não foi terminado.

Por exemplo: a integração com redes sociais e serviços online apesar de muito interessante, fica escondida dentro dos menus. Aliás, a Barra de Menus do navegador poderia estar em outro lugar, já que esse formato é considerado antiquado e nada prático.

O visual do navegador é muito feio. Ele não tem uma identidade única, como os navegadores mais modernos, como Firefox, Chrome e até o Internet Explorer, que possuem uma “cara”. SlimBoat parece que derivou do famigerado IE6, com seu visual que mais parece uma janela do Windows XP.

Na popular suíte de testes de compatibilidade Acid3 – que executa mais de 100 diferentes tipos de testes – SlimBoat obteve a nota máxima, valor igual ou superior à de alguns navegadores mais modernos. Isso quer dizer que ele é um navegador bom para os desenvolvedores de sites, e para os usuários que provavelmente não encontrarão falhas ao navegar em qualquer tipo de site.

O navegador não conta com recursos considerados básicos hoje em dia, como a pesquisa feita diretamente na barra de endereços. É preciso clicar na caixa de pesquisa ao lado – o que não é difícil, embora não seja tão prático.

Um dos problemas mais graves de SlimBoat é que ele não exibe os certificados  de autenticidade de sites. Novamente o navegador esbarra em detalhes essenciais nos navegadores atuais e isso tira um pouco a imagem de seguro que o browser quer apresentar.

Mas uma das melhores vantagens de SlimBoat é que ele é realmente rápido. Mas rápido que o Firefox e igual ou superior ao Chrome. Tanto para abrir páginas quanto para carregar o conteúdo de sites já abertos, o navegador se mostrou eficiente.

É possível dizer que SlimBoat bebe na fonte dos principais navegadores do mercado para formular o seu próprio conceito de navegador, mas esbarra em questões elementares, que deveriam fazer parte do seu produto. Ainda é preciso comer muito feijão, mas já é um bom começo.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

MENU INTERATIVO